Entrega do sistema viário em Manacapuru hoje terá reflexos na disputa eleitoral

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on email
Share on print

O governador Wilson Lima (PSC) fez questão de ir a Manacapuru hoje entregar o sistema viário recuperado com recursos do Estado. Ali, ele se opõe hoje ao prefeito Beto D´Ângelo (Republicanos) e apoia o ex-prefeito Ângelus Figueira, seu correligionário. A presença da autoridade, portanto, se reveste de importância, porque sinaliza à população que foi o Estado que fez a obra, não a Prefeitura.

Com investimento de R$ 27,9 milhões, a obra reconstruiu 66,10 quilômetros de vias, em 162 ruas e avenidas de 14 bairros do município, sendo eles: Centro, Novo Manacá, São José, União, Liberdade, Aparecida, Monte Cristo, Terra Preta, Frazão, Deus é Fiel, Morada do Sol, São João do Miriti, São Francisco e Biribiri.

Os serviços incluíram pavimentação, tapa-buracos, remendos profundos, recapeamento, regularização de base e sub-base, drenagem com meio-fio e sarjeta e sinalização das vias. A obra gerou cerca de 500 empregos diretos e indiretos.

Ao lado de Wilson na visita estava o deputado federal Átila Lins (Progressistas), aliado de longa data de Figueira. Ao contrário do que ocorre na capital, onde o governador deixou seu partido fora da campanha para prefeito, no interior o envolvimento dele é total.

Para o morador Luciano dos Anjos, a requalificação das ruas melhora a mobilidade no município. “Antigamente, aqui a gente não podia andar porque buraco tinha muito, agora está uma maravilha”, avaliou.

A manacapuruense Simone Bastos também acredita que o novo sistema viário dá mais segurança ao tráfego. “A gente fica mais tranquilo, porque tem menos desastres, menos acidentes, e isso é muito bom, maravilhoso”, disse.

O projeto de reconstrução do sistema viário dos municípios faz parte do plano de ação executado pelo Governo do Amazonas para melhorar a infraestrutura em todo o Estado, promovendo o desenvolvimento econômico e social do interior.

FOTO: Diego Peres

Qual Sua Opinião? Comente:

Deixe uma resposta