Empresas farmacêuticas demonstram interesse em investir na Zona Franca de Manaus

Com saldo positivo e novas perspectivas de investimentos, a participação da Suframa na 28ª FCE Pharma foi finalizada nesta quinta-feira (6), durante o último dia do evento realizado no pavilhão de exposições do São Paulo Expo, na zona Sul da capital paulista. A Autarquia atendeu a diversas empresas do ramo farmacêutico que produzem medicamentos sólidos, cosméticos, equipamentos de saúde, insumos farmacêuticos, embalagens, associações empresariais e empresas de logística especializada.

A Suframa atuou nos três dias de feira com uma equipe técnica multidisciplinar, composta por servidores das áreas de Comércio Exterior e Assuntos Internacionais, Análise de Projetos Industriais e Gestão tecnológica, em parceria com a concessionária do aeroporto de Manaus, Vinci Airports.

A participação no encontro faz parte da estratégia de atração de investimentos estabelecida no Plano de Prospecção de Novos Negócios, que destaca o subsetor de saúde como prioritário para expansão no Polo Industrial de Manaus(PIM).

“Nas semanas que sucederão o evento, a equipe irá consolidar os contatos estabelecidos e seguir com o atendimento personalizado para sanar dúvidas e apoiar os potenciais novos investimentos no PIM”, destacou o coordenador-geral de Comércio Exterior e Assuntos Internacionais, Arthur Freitas Lisboa.

Parceria

A participação da Suframa na 28ª FCE Pharma foi resultado do convite da Concessionária dos Aeroportos da Amazônia S.A., detentora da concessão dos aeroportos de Manaus, Porto Velho, Rio Branco, Boa Vista, Cruzeiro do Sul, Tabatinga e Tefé. A ação consagrou a parceria entre a Autarquia e a Vinci Airports, que atuaram em conjunto e de forma complementar nos atendimentos realizados junto aos potenciais investidores do segmento farmacêutico.

De acordo com Arthur Lisboa, a parceria vai ao encontro das melhores práticas internacionais nas ações de atração de investimentos.

“Ela permite que a infraestrutura logística da região seja abordada com o mesmo nível de detalhamento dos atrativos fiscais nas abordagens, melhorando a eficiência e os resultados dos atendimentos realizados”, acrescentou Arthur, que participou do evento acompanhado da Camilla Jacqueline Medeiros Carneiro, da área de Análise de Projetos Industriais, e Matheus Assis dos Santos Vaz, da Tecnologia e Pesquisa, Desenvolvimento e Inovação (PD&I). 

Qual Sua Opinião? Comente:

Deixe uma resposta