Empresários da construção debatem com a Caixa os desafios para a construção das seis mil casas prometidas pelo “Minha Casa, Minha Vida”

Em um esforço para superar as dificuldades de viabilização do Programa Minha Casa Minha Vida – Recursos do Fundo de Arrendamento Residencial (FAR) nas regiões do Norte e Nordeste, o Sindicato da Indústria da Construção Civil do Amazonas (Sinduscon-AM) esteve presente em reunião na sede da Caixa Econômica Federal, em Brasília. O encontro contou também com a presença de representantes dos sindicatos dos estados de Roraima, Ceará, Piauí e Pará.

Representando o Sinduscon-AM, o presidente Frank Souza destacou a importância do programa para o estado do Amazonas, que prevê a entrega de 6.000 unidades habitacionais. Desses 43 empreendimentos, 38 serão realizados em parceria com o setor público e 5 por empresas privadas.

A reunião foi conduzida por Alexandre Correa, superintendente nacional de engenharia da Caixa, e Raul Gomes, superintendente nacional de produção. Os principais pontos abordados incluíram os desafios para a aprovação e execução dos empreendimentos nas regiões do Norte, onde as dificuldades logísticas e a falta de infraestrutura adequada são obstáculos significativos.

Frank Souza enfatizou a necessidade de um apoio mais robusto por parte do governo federal e estadual para superar esses desafios. “A construção de unidades habitacionais no Amazonas é essencial para melhorar a qualidade de vida da população, mas enfrentamos barreiras que precisam ser resolvidas com urgência. A parceria com a Caixa e a integração com os governos locais são fundamentais para que esses projetos avancem”, afirmou.

Os representantes dos sindicatos destacaram ainda a importância de um diálogo contínuo com o Ministério das Cidades para garantir que os recursos do FAR sejam utilizados de maneira eficiente e que as burocracias que atrasam os projetos sejam reduzidas.

Com a previsão de início dos empreendimentos em setembro, os participantes da reunião saíram com a promessa de um esforço concentrado para resolver as pendências e garantir que as metas sejam cumpridas. A atuação do Sinduscon-AM, junto aos demais sindicatos, reforça o compromisso do setor da construção civil em contribuir para o desenvolvimento habitacional, proporcionando moradias dignas para milhares de famílias.

Qual Sua Opinião? Comente:

Deixe uma resposta