Empresa diz que vai processar Eletrobras por ação irregular

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on email
Share on print

O grupo Frigo Um divulgou nota afirmando que a ação da Eletrobras Amazonas em sua filial do Coroado, anteontem, foi abusiva, porque significou retaliação a uma ação judicial em que a empresa conseguiu liminar proibindo a cobrança crescente do consumo de energia nas filiais da bandeira. 

No documento, o grupo afirma que vai buscar na Justiça a reparação do dano moral e uma punição à estatal por desobediência civil.

Veja a nota na íntegra:

NOTA À IMPRENSA

O grupo FRIGO UM informa que a ação da Eletrobras Amazonas em sua unidade do Coroado foi totalmente ilegal e caracterizou um ato de retaliação a uma ação judicial ingressada pela empresa, contra cobranças abusivas de contas de consumo de energia elétrica.

Ainda em dezembro de 2017 o FRIGO UM entrou com ação no plantão judicial, ao constatar que a aferição do consumo de energia vinha obedecendo a critérios totalmente infundados. A Justiça concedeu liminar, dentro do processo de número 0640135-40.297.8/4.00001, considerando a cobrança abusiva, estando portanto a situação sub-judice.

Informamos ainda que, por diversas vezes, tentamos resolver a situação administrativamente, mas nossos ofícios foram sistematicamente ignorados pela Eletrobras Amazonas.

Não existe o passivo alegado pela estatal em release distribuído à imprensa. O grupo FRIGO UM tomará as medidas judiciais necessárias para reparar os danos à sua imagem e punir a direção da Eletrobras Amazonas por desobediência civil.

Manaus, 3 de Abril de 2018.

A diretoria”

 

Qual Sua Opinião? Comente:

Deixe uma resposta