Empresa diz que vai ajudar na gestão de serviços públicos de Autazes e Itapiranga

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no email
Compartilhar no print

Consciente das transformações pelas quais os municípios amazonenses beneficiados com a produção de Potássio passarão, fruto do processo de implantação e operação deste empreendimento, a Potássio Brasil vai apoiar a melhoria da gestão e da estrutura dos serviços públicos de Autazes e Itapiranga.

Para tanto, será implantado o Programa de Apoio Estratégico para a Readequação da Estrutura de Serviços Públicos. Este programa visa apoiar estes municípios na preparação do atendimento público de atividades normalmente impactadas e sobretudo naqueles setores já deficitários, tais como: saúde, segurança, educação e saneamento básico. Estão previstas, por exemplo, ações de capacitação de professores e melhoria das escolas, além da ampliação e compra de equipamentos para a melhoria dos serviços de saúde.

De acordo com o diretor da Potássio do Brasil, Guilherme Jácome, é importante destacar que o êxito do Programa depende principalmente do engajamento da sociedade local e instituições dos municípios, numa parceria com a Potássio do Brasil, secretarias estaduais e ministérios.

A Potássio do Brasil é uma empresa de fertilizantes que atuará na produção de sais de potássio, no Amazonas. Hoje, o Brasil é o segundo maior consumidor de potássio do mundo, mas importa 95% do que consome. A empresa quer diminuir essa dependência, sendo um fornecedor-chave para a produção agrícola do país. Entre os valores da empresa, a Potássio acredita no desenvolvimento sustentável da região, a partir da parceria com a comunidade, agentes públicos e organizações não-governamentais.

Qual Sua Opinião? Comente:

Deixe uma resposta