Em primeiro no grupo A da Série C, Manaus FC já recebeu mais de R$ 700 mil do Estado este ano

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no email
Compartilhar no print

Os investimentos do Governo do Amazonas destinados ao Manaus Futebol Clube, durante o ano de 2021, já alcançam a marca de R$ 700 mil.  Por meio da Fundação Amazonas de Alto Rendimento (Faar), o representante amazonense no Campeonato Brasileiro Série C conta com isenção das taxas referentes à utilização dos estádios públicos para a realização de treinamentos e jogos oficiais, além do recebimento de patrocínio destinado aos times profissionais de futebol.

“Os investimentos chegam a valores significativos, pois o Governo do Estado entende a importância do momento que o Manaus está vivendo, representando o Amazonas em busca do acesso para a Série B”, aponta o diretor-presidente da Faar, Jorge Oliveira.

Até o presente momento, o Governo do Amazonas atendeu positivamente a 72 pedidos para treinos na Arena da Amazônia e nos estádios Ismael Benigno e Carlos Zamith, praças esportivas administradas pela Faar.

Com diária de custo em torno de R$ 2.500, o montante investido por meio da isenção aos treinamentos do Gavião do Norte é de R$ 185 mil.

Já a desobrigação das taxas para a realização dos jogos da Série C, em que o Manaus foi o mandante, chega a R$ 215 mil, entre partidas disputadas na Arena e Colina.

Patrocínio

Em julho deste ano, o governador Wilson Lima entregou o patrocínio no valor de R$ 2,5 milhões aos times do futebol profissional amazonense – masculino e feminino.

O Gavião do Norte foi contemplado em R$ 300 mil; R$ 100 mil pela participação no Campeonato Amazonense de Futebol 2021 (masculino) e R$ 200 mil por representar o Estado na Série C do Brasileirão.

A verba é um socorro financeiro aos clubes diretamente atingidos pela pandemia, primeiramente, pela interrupção dos jogos e depois pela ausência de público nas partidas.

Foto: Mauro Neto

 

Qual Sua Opinião? Comente:

Deixe uma resposta