Eduardo defende adiamento do Enem: “Temos que combater as desigualdades”

Compartilhar no whatsapp
Compartilhar no facebook
Compartilhar no twitter
Compartilhar no email
Compartilhar no print

Em sessão virtual do Senado, nesta terça-feira (19/05), o senador Eduardo Braga (MDB/AM) votou a favor do projeto que adia o Enem (Exame Nacional do Ensino Médio), conforme já havia adiantado a veículos de comunicação no dia anterior.

Apresentado pela senadora Daniella Ribeiro (PP/PB), o Projeto de Lei 1.277/2020 suspende a aplicação do Enem e dos demais processos seletivos para a educação superior, como vestibulares, em decorrência da pandemia da Covid-19. Ele segue, agora, para apreciação da Câmara dos Deputados.

“Nosso encaminhamento é a favor da oportunidade aos nossos jovens que sonham em entrar numa universidade. Num país cheio de desigualdades, não é hora nem momento de aprofundarmos ainda mais essas desigualdades”, disse Eduardo, que citou a falta de acesso de milhões de jovens brasileiros à internet, um instrumento essencial na preparação daqueles que buscam uma vaga nas universidades. “Efetivamente, 40% dos jovens deste país não têm acesso à internet. No interior do Amazonas, isso é gravíssimo. Praticamente, 80% dos nossos jovens não têm acesso à internet”, afirmou o parlamentar.

No ano passado, o Enem contou com mais de 5 milhões de inscrições. Desse número, 118.149 eram do Amazonas. As provas foram aplicadas em 56 municípios do Estado.

Clique aqui e veja o pronunciamento do senador.

Qual Sua Opinião? Comente:

Deixe uma resposta