Duas chapas disputarão a direção da Reino Unido da Liberdade

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on email
Share on print

A eleição que escolherá o novo presidente da escola de samba Reino Unido da Liberdade este ano promete ser uma das mais agitadas dos últimos tempos e vai colocar frente a frente duas gerações da agremiação: de um lado, como candidato da situação, estará William Pimentel, um dos chamados “meninos do Morro”; do outro, a oposição, encabeçada por Carlos Alberto Nascimento e Silva, o “Carlão”, um dos pioneiros.

Pimentel tem a apoiá-lo um grupo forte, que se formou especialmente na última década. Liderado pelo ex-presidente Jairo Beira Mar, o time conta com personagens históricos da agremiação, como o também ex-presidente Ivan de Oliveira e João Thomé Mestrinho. A maior parte da tropa, entretanto, é formada pelas novas gerações e por pessoas que se aproximaram da escola nos últimos anos.

Do outro lado, está um grupo mais tradicional, formado basicamente por veteranos sócios da agremiação, afastados da direção há vários anos. Este time deve contar com a adesão de dissidentes da atual diretoria.

A eleição inicialmente estava prevista para maio, mas devido à pandemia da Covid-19 houve um adiamento  a nova data ainda será confirmada em assembleia da agremiação.

A Reino Unido da Liberdade é uma escola de samba nascida no bairro do Morro da Liberdade na década de 80. Com fortíssima presença em todos os bairros da zona Sul de Manaus, a agremiação tem um trabalho social forte é a maior vencedora do Carnaval de Manaus nas últimas duas décadas.

Qual Sua Opinião? Comente:

Deixe uma resposta