Deu na revista “Quem”: Sheislane vai a julgamento e se retrata para Carol Toledo

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on email
Share on print

20150708155643sheislane_no_juri

Sheislane Hayalla, que virou notícia no mundo inteiro após ficar em segundo lugar no concurso de Miss Amazonas 2015, em janeiro, e arrancar a coroa da vencedora, Carol Toledo, em cima do palco, compareceu na manhã desta quarta-feira (8) a uma audiência para o julgamento do caso, em Manaus.

A morena, que foi acusada por Carol de difamação por ter dito que a vencedora tinha negociado o título, escolheu um look de 30 mil reais da grife Hervé Léger, inspirado no estilo da socialite Kim Kardashian, para a ocasião.

“Fiz a maquiagem, cabelo e escolhi a roupa marcando a cinturinha para ficar como a Kim Kardashian. Ela é uma diva e me inspira. Ganhei esse vestido no ano passado durante o Miss Globo em Dubai e resolvi usá-lo pela primeira vez na audiência para dar sorte”, contou.

Durante a audiência de 45 minutos que marcou o primeiro reencontro de Sheislane e Carol após o episódio, predominou a tranquilidade.

“Nos cumprimentamos formalmente e sem sorrisinhos. Nunca fomos amigas mesmo. Mas o clima foi de tranquilidade. Só tivemos um momento de constrangimento quando fui assinar o acordo e perguntei se eu era a autora. A mãe dela achou que eu estivesse debochando dela, mas meu advogado explicou que era apenas uma dúvida”, revelou Sheislane, que terá que fazer uma retratação em seus perfis socias e na imprensa local ainda hoje.

“Eu já esperava que a Carol fosse pedir uma retatação e levei uma pronta. Ela só pediu para eu incluísse o nome dela e me desculpasse pelo constragimento”, adiantou a modelo, que está proibida de citar o nome o nome da antiga rival a partir de agora.

De hoje em diante, a morena ressalta que quer colocar um ponto final neste passado. “Fico feliz por ter resolvido isso. Moro no Rio de Janeiro atualmente e perdi compromissos profissionais para poder estar em Manaus hoje. Acho que o Brasil tem tanta coisa mais importante para se preocupar”, alfinetou ela, que agora almeja uma nova profissão. “Quero ser uma grande atriz. Chega dessa história de miss. Procuro um novo horizonte. Quero que as pessoas me vejam como modelo e repórter e futuramente com atriz”, almeja.

Veja a retratação na íntegra:

“No intuito de resolver a presente situação e evitar a continuidade do processo criminal, bem como ter compreendido a questão penal da difamação, percebo que eu tenha extrapolado na forma como exteriorizei as informações que obtive durante a jornada do concurso. Portanto, gostaria de me retratar por qualquer difamação dirigida à Carolina, pois naquele dia eu poderia ter utilizado meios legais ao invés de expor um nome ao público. Retrato-me também em relação às vias de fato, onde retirei abruptamente a coroa da cabeça da vítima quando da coroação no concurso, causando-lhe assim, um grande constrangimento.”

Qual Sua Opinião? Comente:

Deixe uma resposta