Deputado pede inclusão de professores entre prioridades para vacinação

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on email
Share on print

Diante da situação preocupante do aumento de contaminação e mortes pela Covid-19, a qual impede o retorno seguro das aulas presenciais nas escolas do país e também porque o Governo do Estado e a Prefeitura já falam em retorno às atividades escolares ainda no início deste ano, o deputado federal José Ricardo (PT/AM) enviou expediente ao Ministro da saúde, Eduardo Pazuello, solicitando providências necessárias para que os profissionais de educação venham a ser incluídos entre os grupos prioritários do programa de vacinação do governo contra COVID-19.

O deputado lembra que o governador do estado, de forma precipitada e nada segura, retornou com as aulas presenciais no segundo semestre de 2020, decisão que contribuiu para contaminação de vários professores pela covid-19, inclusive muitos chegaram a óbito, devido complicações da doença. Por esse motivo, defende Zé Ricardo, os professores devem ser colocados como prioridade, logo na fase inicial do programa de imunização contra a Covid-19,

Além disso, ele destaca que a crise causada pela pandemia afetou diretamente a Educação no país, situação que vem ampliando a desigualdade escolar. “Cerca de 50 milhões de estudantes brasileiros da educação básica, dos quais 40 milhões estão na rede pública, de um dia para outro tiveram as aulas presenciais substituídas por atividades remotas, com uso da tecnologia ou não. Essa situação piorou a desigualdade existente entre as escolas públicas e privadas de todo o país. Por isso, não basta que as escolas sigam os protocolos sanitários exigidos pela Organização Mundial de Saúde (OMS). Sem a vacina, a volta às aulas nas esferas estadual e municipal representa um grave risco à saúde e à vida dos profissionais de educação e, consequentemente, dos discentes também”, afirmou Zé Ricardo.

Qual Sua Opinião? Comente:

Deixe uma resposta