Depois do “boom” inicial, Sikêra Jr. perde liderança da audiência em Manaus e disputa segundo lugar com TV Norte

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on email
Share on print

Dados do Ibope obtidos pelo blog indicam que o apresentador Sikêra Jr., que estreou em julho de 2019 na TV A Crítica e chegou durante mais de um ano a bater em audiência a TV Amazonas, afiliada da Rede Globo em Manaus, perdeu o pique inicial e agora disputa a vice-liderança em seu horário com a programação da TV Norte, que retransmite o SBT em Manaus. Isso já havia acontecido com ele tanto em Alagoas quanto na Paraíba, praças por onde passou antes.

O apresentador pernambucano, contratado pela TV A Crítica para compensar a perda da retransmissão da Rede Record em Manaus, fez tanto sucesso em seu primeiro ano que acabou sendo contratado também pela Rede TV, que passou a transmitir seu programa em Rede Nacional.

O auge dele ocorreu no final do ano passado, quando ainda disputava a liderança em Manaus e quadriplicou a audiência da Rede TV em seu horário nacional. Dados do Ibope indicam que ele também perdeu audiência em São Paulo, principal praça do país, nos últimos meses.

Analistas ouvidos pelo blog indicam que o espaço cada vez maior dado pelo apresentador a pautas políticas, alinhadas com o governo do presidente Jair Bolsonaro (sem partido), têm grande parcela de culpa na perda de audiência, uma vez que o público de Sikêra Jr. é basicamente formado por pessoas das classes C, D e E, que têm mais interesse pelo “mundo cão” do noticiário policial do que por notícias relacionadas à política.

Hoje, em Manaus, a audiência de Sikêra Jr. oscila entre 5 e 8 pontos no Ibope, na média. A TV Amazonas voltou a liderar com folga, com média de 16 pontos. A surpresa fica por conta da TV Norte, que empata e até vence o folclórico apresentador no horário, com programas que vão do jornalístico local, nacional e os famosos merchandisings das empresas de Silvio Santos.

A TV Norte, que já foi TV Manaus e TV Em Tempo, teve seu controle acionário trocado no ano passado, quando o empresário Sérgio Bringel, do ramo de manutenção e equipamentos hospitalares, assumiu seu comando. Neste momento, ele monta uma rede regional, com emissoras em outros Estados da região, assim como a TV A Crítica, que adquiriu um canal em Belém do Pará.

Qual Sua Opinião? Comente:

Deixe uma resposta