Depois de ameaçar recuar, Dória agora diz que vai mandar vacina ao AM “de forma escalonada”

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on email
Share on print

No último domingo, o governador de São Paulo, João Doria (PSDB) havia anunciado que desistira de enviar as 50 mil doses da Coronavac, que prometera doar ao Amazonas, alegando que o Estado não estava controlando direito a vacinação. Hoje, entretanto, ele anuncou que vai enviar ao Estado no final deste mês, de forma escalonada, lotes da vacina do Butantan contra Covid-19, até chegar a 50 mil doses.

Também por meio das redes sociais, o governador paulista disse que garantia às autoridades do Amazonas que as vacinas irão chegar até quem mais precisa. E ressaltou que está fazendo a doação da parte que cabe ao Estado de São Paulo e não do que vai para o Ministério da Saúde.

O deputado Marcelo Ramos (PL), um dos que havia apelado a Dória para que voltasse atrás da decisão de não mais enviar as dodes, comprometeu-se a, pessoalmente, solicitar o apoio dos órgãos de controle do Estado e da juíza federal Jaiza Fraxe, nos autos do processo que já tramita na Justiça Federal, para o acompanhamento, fiscalização e encaminhamento dos relatórios referentes à aplicação da vacina ao Governo de São Paulo.

Qual Sua Opinião? Comente:

Deixe uma resposta