Delphina Aziz atinge cinco mil altas e arma corredor da vitória para mais 13 pacientes

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on email
Share on print

Principal unidade de referência no tratamento da Covid-19 no Amazonas, Hospital e Pronto-Socorro Delphina Aziz atingiu, nesta quinta-feira (11/03), a expressiva marca de 5 mil altas de pacientes recuperados da doença. Para celebrar o número, médicos, enfermeiros e demais funcionários do hospital realizaram o tradicional “Corredor da Vitória”, aclamando 13 pacientes que deixaram a unidade e reencontraram suas famílias, após vencerem a batalha contra o Coronavírus.

A cerimônia simbólica aconteceu em um dos corredores do ambulatório do hospital, situado no bairro Santa Etelvina, zona norte da capital. Acompanhados por músicos, os pacientes foram recebidos pelas equipes médicas sob muita cantoria e fortes aplausos. Em seguida, eles foram conduzidos até seus familiares que aguardavam na recepção do local.

Durante o reencontro, muita emoção. Sem esconder as lágrimas, Alice Menezes, esposa de um dos pacientes recuperados, vai aos prantos ao rever o marido com a saúde restabelecida. Segundo ela, o choro é resultado de uma mistura de sentimentos bons.

“Alegria, felicidade, gratidão a Deus por tudo, por essa vitória. Como eu disse agora há pouco, tantos não tiveram esse privilégio de vir pegar seus parentes, seus esposos, seus irmãos, para levar de volta para casa e a gente está aqui. Graças a Deus por isso”, comemora.

Após sete dias de uma intensa luta pela vida, Júlio César vibra com a oportunidade de voltar para a casa. Ele agradece aos profissionais e diz ver o momento como uma nova chance. “Um recomeço, uma nova vida, novas metas, traçar novos objetivos e cuidar melhor da nossa saúde. Só o fato de poder ir para casa e saber que você pode abraçar sua família de novo, é gratidão total a Deus e à equipe médica”, diz o paciente.

Avaliação

Para a secretária-executiva da Secretaria de Estado de Saúde do Amazonas (SES-AM), Mônica Melo, a marca atingida pela principal unidade de referência ao tratamento da Covid-19 no estado, representa um triunfo para o Amazonas, no que diz respeito ao planejamento da rede pública de saúde para o enfrentamento da pandemia.

“Entregar para os familiares, um pai, uma mãe, um filho e uma filha, uma irmã é muita alegria, poder proporcionar esse retorno para o lar e para o próprio paciente, que vem tão abalado por uma doença para um hospital em que um acompanhante não pode ficar junto com ele, então é uma grande vitória para o Governo do Estado”, avalia a secretária.

Os resultados obtidos podem ser vistos como um reflexo positivo do trabalho integrado entre o Governo do Amazonas e a gestão da unidade hospitalar. Com os investimentos realizados pelo Estado, o hospital saltou de 130 leitos para 471, dos quais 180 são destinados à Unidade de Terapia Intensiva (UTI). Isso fez com que o HPS Delphina Aziz se tornasse o terceiro maior hospital do país e segundo maior em número de leitos, credenciados pelo Sistema Único de Saúde (SUS).

“Isso é uma força importante para o estado, porque o credenciamento já é o retorno para todos investimentos. É de suma importância o papel do estado em financiar, em ter esse planejamento integrado, não só conosco, mas com os demais hospitais da rede, para que a gente consiga enfrentar e consiga de forma, com qualidade, atender os pacientes”, avalia o diretor-executivo do HPS Delphina Aziz, Luiz Gasparini.

FOTO: Lucas Silva

Qual Sua Opinião? Comente:

Deixe uma resposta