Delegado de Nhamundá rebate acusações: “minha relação com o prefeito é institucional”

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on email
Share on print

O delegado de Polícia Civil de Nhamundá, Everty Sandro Pereira., encaminhou carta ao blog, esclarecendo sua atuação no processo eleitoral e rebatendo denúncias de que estaria favorecendo um grupo político e deixando de atender as ocorrências. Veja na íntegra:

“Primeiramente, esclareço que não fui procurado pelo Portal por nenhum dos outros blogs/portais que publicaram a citada matéria, ou seja, fizeram as publicações sem ao menos me procurar para esclarecer os fatos, o que demonstra que a matéria não possui a intenção de informar, mas, ao que parece, tenta desinformar.

Com relação à matéria veiculada, esclareço que assumi a titularidade da 43ª DIP no dia 28/08/2020, portanto, não estou trabalhando apenas no período eleitoral, sou o Delegado de Carreira Titular do município.

Ao chegar a Nhamundá, não consegui uma casa ou apartamento para locação e, devido a isso, optei por ficar provisoriamente em um hotel, até conseguir uma casa ou apartamento. A cidade de Nhamundá é pequena e as opções de estadia são poucas, então procurei indicações, ocasião em que me foi indicado o Hotel Plaza, que, pelo que eu soube quando cheguei à cidade, é de propriedade da Sra. Raimunda, genitora do prefeito. Foi a mim informado que o hotel de propriedade do prefeito era ao lado, de nome Hotel Beira Rio.

Então, devido às comodidades, como wi-fi e tv a cabo, além da segurança do local, que dispõe de câmeras de vigilância, optei por ficar no hotel da Sra. Raimunda.

Saliento que os valores referente ao aluguel de um quarto foram transferidos diretamente da minha conta corrente para as contas da Sra. Raimunda e da Sra. Maria. Portanto, em nenhum momento recebi alguma vantagem pessoal de alguém. Não tenho nenhuma relação pessoal com o prefeito, apenas institucional. Os comprovantes de transferência estão disponíveis, caso algum interessado solicite.

Com relação à alegação de que quase eu não fico na cidade, esta não procede, pois sou o Delegado Titular e moro na cidade, mesmo que temporariamente em um hotel. Ressalto que, desde o dia em que assumi a 43ª DIP, até a presente data, por duas vezes houve a necessidade de deslocamento a serviço à cidade de Manaus, tudo devidamente autorização do meu superior hierárquico conforme portarias.

Como é sabido, a maioria das delegacias no interior da Amazonas não possuem regime de plantão para o registro de ocorrência, devido ao pouco efetivo. O atendimento na Delegacia é feito em horário de expediente de segunda a sexta, sendo que, nos horários fora do expediente normal, os servidores sempre ficam de sobreaviso para atender casos que demandam urgência.

Aproveito para agradecer todo o apoio recebido das várias pessoas que, assim como eu, ficaram surpresas com a matéria veiculada, pois essas pessoas conhecem o meu trabalho e a minha índole.

Delegado Everty Sandro Pereira”.

Qual Sua Opinião? Comente:

Deixe uma resposta