David tenta evitar aglomerações na terça de “carnaval” cancelando feriado de cinzas

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on email
Share on print

Em mais uma medida de enfrentamento e combate à pandemia do novo coronavírus, o prefeito de Manaus, David Almeida, suspendeu o feriado de “Quarta-Feira de Cinzas”, que iria até o meio-dia do dia 17 de fevereiro, conforme Decreto nº 5.025,  publicado no Diário Oficial do Município desta segunda-feira, 15/2. “Estamos tomando todas as medidas necessárias para evitar a propagação do novo coronavírus em Manaus. Suspendemos o feriado de Terça-Feira Gorda e  o de Quarta-Feira de Cinzas, para evitar as aglomerações e confraternizações neste período e assim combater o avanço da doença na cidade. Enquanto isso, vamos avançando com a vacinação dos grupos prioritários da campanha de imunização contra a Covid-19“, disse o prefeito.

O decreto considerou a Lei 2.731, também de 15 de fevereiro, que revogou a Lei 2.718, de 16 de dezembro de 2020, que assegurava a manutenção de feriados municipais específicos no município de Manaus, após a revogação do estado de calamidade pública, em decorrência da pandemia da Covid-19.

A suspensão do feriado foi aprovada por unanimidade pelos vereadores da Câmara Municipal de Manaus (CMM), nesta segunda-feira, a partir do aval ao Projeto de Lei nº 002/2021, do Executivo, revogando a Lei 2.718. “Agradecemos ao Legislativo que, de forma muito prudente e célere, apreciou e votou a matéria do Executivo, assegurando mais uma medida em proteção da população de Manaus”, destacou.

Qual Sua Opinião? Comente:

Deixe uma resposta