Colapso em outros Estados tira do Amazonas a prioridade na distribuição de vacinas

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on email
Share on print

O Amazonas não é mais prioridade na distribuição de vacinas contra a Covid-19. Isso ficou bem claro hoje, quando da distribuição de mais 2,6 milhões de doses, das 30 milhões  que o Ministério da Saúde prevê distribuir neste mês de março. Tratam-se de lotes da CoronaVac que serão entregues entre hoje e amanhã.  (veja abaixo divisão por estados). Nada menos que 20 Estados receberão quantidade maior, incluindo alguns com população menor. (veja quadro no final da postagem).

O cronograma do governo ainda prevê para este mês a entrega de 3,8 milhões da vacina AstraZeneca/Oxford e mais 20,7 milhões da CoronaVac. Há ainda a expectativa de que o Brasil receba em março outras 2,9 milhões da vacina de Oxford por meio da Aliança Covax Facility., da Organização Mundial da Saúde (OMS).

Segundo a pasta, o novo lote é destinado a “vacinar trabalhadores da saúde, idosos entre 80 e 84 anos e de 75 a 79 anos”.

A nova remessa corresponde à entrega de duas doses. Sendo assim, os estados e municípios precisam reservar a segunda dose da CoronaVac para garantir que ela seja aplicada de 2 a 4 semanas depois da primeira.

Veja, abaixo, a distribuição por estado:

Doses de vacina/UF

Estado DOSES CORONAVAC
BRASIL 2.600.000
Rondônia 12.200
Acre 5.800
Amazonas 24.800
Roraima 2.800
Pará 61.600
Amapá 4.600
Tocantins 14.400
NORTE 126.200
Maranhão 66.800
Piauí 36.000
Ceará 109.800
Rio Grande do Norte 43.200
Paraíba 53.400
Pernambuco 110.800
Alagoas 32.000
Sergipe 21.600
Bahia 178.600
NORDESTE 652.200
Minas Gerais 303.600
Espírito Santo 50.200
Rio de Janeiro 261.800
São Paulo 626.200
SUDESTE 1.241.800
Paraná 148.600
Santa Catarina 86.400
Rio Grande do Sul 187.800
SUL 422.800
Mato Grosso do Sul 30.600
Mato Grosso 28.800
Goiás 69.800
Distrito Federal 27.800
CENTRO-OESTE 157.000

Qual Sua Opinião? Comente:

Deixe uma resposta