Claque, culto à imagem, picuinhas e tudo o mais de uma convenção “tradicional” para lançar o “novo”

Pelo menos no modelo usado na Convenção que oficializou as candidaturas, a chapa que pretende se apresentar ao eleitorado como “o novo” mostrou que está seguindo a cartilha dos políticos tradicionais. Teve claque, fotos imensas do principal candidato e muita picuinha no evento promovido pelo radialista Wilson Lima (PSC) hoje, no Almirante Hall, casa de eventos da zona Oeste de Manaus.

A picuinha ficou por conta da ausência da foto do candidato a vice-governador, o defensor público Carlos Alberto Almeida Filho (PRTB) e do candidato ao Senado, deputado Luiz Castro (Rede) no painel principal, colocado atrás do palanque.  Não faltou quem relacionasse o fato às acusações feitas contra o vice pela ex-esposa, na véspera.

O slogan escolhido para a campanha é “Um Novo Tempo de Fé e Esperança”. Nos discursos, a promessa de renovação, de mudança, de um Amazonas diferente. A chapa majoritária garante que vai percorrer o Estado inteiro, mesmo sem grandes recursos.

Qual Sua Opinião? Comente:

Deixe uma resposta