Chamado à ação

“A igreja não existe para satisfazer às demandas de crentes consumidores; ela existe para equipar e mobilizar homens e mulheres para a missão de Deus no mundo.” C. RENÉ PADILLA (teólogo e missionário equatoriano 1932-2021)

Quando Jesus Cristo proclamou: “Ide por todo o mundo e pregai o Evangelho a toda criatura” (Marcos 16:15), deixou claro que a missão era destinada a todos os seus seguidores e não a um grupo restrito.

Infelizmente, muitas igrejas, em vez de seguirem a ordem imperativa de Jesus de “IR”, adotaram um padrão que virou moda: eventos internos repetitivos e frequentes, além de dependerem da venda de vários itens para arrecadar fundos para a “obra”. O mais preocupante é que preferem pregar a teologia da prosperidade em vez de alertar sobre a realidade do inferno para aqueles que não aceitam Jesus como Senhor e Salvador.

Aqueles que acolhem Jesus como seu Senhor e Salvador devem engajar-se nessa jornada, evitando acomodação e compreendendo que a vida na igreja não significa uma garantia automática de facilidades. É um chamado à ação, uma responsabilidade para com todos, onde a fé se traduz em serviço e dedicação à propagação da mensagem divina.

Devemos sempre lembrar que Jesus envia seus discípulos, assim como a todos nós, para proclamar a alegria do Evangelho por meio do testemunho missionário. O objetivo central desse esforço é atrair almas para o reino de Deus. Para tornar essa missão mais eficaz, o Senhor nos concede o seu Espírito, que nos fortalece nessa jornada, sem qualquer intenção além de capacitar-nos para a missão que nos foi confiada. É através desse auxílio divino que encontramos a força e a orientação necessárias para cumprir o chamado de disseminar a mensagem redentora com amor e compaixão.
“Contudo, quando prego o evangelho, não posso me orgulhar, pois me é imposta a necessidade de pregar. Ai de mim se não pregar o evangelho!” Atos dos Apóstolos 9:16

Quem meteu a mão no arado não pode retroagir!

“E disse o Senhor: Quem enviarei, e quem há de ir por nós? Disse eu: Eis-me aqui, envia-me a mim.” Isaías 6:8