Dauro Braga

Dauro Braga

Como não sentir saudades?

Por Dauro Braga* Durante os anos de chumbo como assim é chamado o período ditatorial por àqueles que não concordavam viver sob a égide da

Continue Lendo »
Dauro Braga

O dever da verdade

Por Dauro Braga* Como tenho o hábito de acordar cedo, gosto de ouvir as primeiras notícias que correm pelo mundo e também os comentários dos

Continue Lendo »
Dauro Braga

Eu te saúdo, presidente!

Por Dauro Braga* Seja bem vindo à nossa terra senhor presidente! A gente ordeira, trabalhadora e que ama essa terra de Ajuricaba, abre os braços

Continue Lendo »
Dauro Braga

Quando eu me chamar saudade

Por Dauro Braga* Há pouco tempo tive ciência de que era portador de uma grave doença. Pela segunda vez um terrível mal tomou de assalto

Continue Lendo »
Dauro Braga

Assim espero e confio

Por Dauro Braga* É no mínimo estranha a posição de algumas entidades públicas  e organizações não governamentais que num passado não muito distante recebiam verbas

Continue Lendo »