Candidatos tentam mostrar apoio de Bolsonaro, mas ele volta a falar no “careca lá de Manaus”

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on email
Share on print

Nos últimos dias pelo menos cinco candidatos a prefeito têm feito acenos ao eleitorado de direita, afirmando ter, de alguma forma, o apoio do presidente da República, Jair Bolsonaro (sem partido), mas ele próprio continua dizendo que seu candidato é “o careca lá de Manaus”, como voltou a fazer em sua live semanal ontem, nas redes sociais. Desta vez, entretanto, ele disse que não declara formalmente o apoio para não prejudicar as articulações nacionais.

Nesta semana o candidato Capitão Alberto Neto (Republicanos) promoveu várias ações para emular o apoio do presidente e conseguiu ser escolhido vice-líder do Governo na Câmara dos Deputados, o que lhe deu uma certa notoriedade no eleitorado de direita. Ele conta ainda com o apoio de evangélicos da Assembleia de Deus e da Igreja Universal, instituições ligadas a seu partido.

No debate de ontem, o “careca”, compadre de Bolsonaro, Alfredo Menezes, desafiou o candidato do Novo, Romero Reis, outro que tenta entrar no eleitorado de direita, a declarar apoio ao presidente em 2022. O empresário se esquivou. Os dois, assim como Alberto Neto, atacaram o candidato do PT, José Ricardo, e procuraram reproduzir declarações muito caras ao eleitor do chefe da Nação.

A novidade da semana foi a entrada com força do presidente da Assembleia Legislativa, Josué Neto (PRTB), na campanha de David Almeida (Avante), conclamando o eleitorado de direita a votar no seu candidato e garantindo o alinhamento dele com o presidente.

Enquanto Bolsonaro não declarar definitivamente o apoio a algum candidato, esta disputa vai continuar.

Qual Sua Opinião? Comente:

Deixe uma resposta