Câmara diz que contrato com a TV Local está influenciando outros órgãos públicos a fazer o mesmo

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on email
Share on print

Nota-Oficial

Em nota, a Diretoria de Comunicação da Câmara defendeu o contrato com a TV Local, questionado ontem pelo blog e disse que outros órgãos públicos estão se baseando nele para se abrir mais à sociedade.

Veja a nota na íntegra:

“A Diretoria de Comunicação da Câmara Municipal de Manaus (Dircom-CMM) esclarece que o presidente Wilker Barreto, ao homologar o contrato de transmissão ao vivo das sessões plenárias da Câmara Municipal de Manaus com a empresa Rede Floresta Viva Comunicação Ltda (Local TV), não “fez preferências” ao assinar o contrato com o canal 49. Wilker cumpriu com rigor todas as exigências da Lei das Licitações (Lei 8.666).

O Departamento de Cotação de Preços da CMM solicitou orçamento das emissoras geradoras locais durante o processo de elaboração da proposta orçamentária e somente a Local TV demonstrou interesse em disponibilizar a grade de programação matutina para as transmissões da CMM. Após a consulta, a Comissão de Licitação da CMM iniciou os procedimentos necessários à realização do pregão, cumprindo, conforme a lei, todos os requisitos legais de publicidade para a realização da concorrência.

Sobre a audiência da emissora, a Câmara Municipal de Manaus vem a cada gestão buscando ampliar o acesso da sociedade ao legislativo municipal, seja pela TV aberta, a cabo, internet entre outras ferramentas de comunicação que possam levar até a população o cotidiano do parlamento. As iniciativas estão surtindo efeitos, haja vista que outros órgãos públicos que também promovem sessões plenárias sem transmissão televisiva já demonstraram interesse em adotar o mesmo modelo da TV Câmara Manaus, a fim de promover a propagação dos efeitos de suas decisões, possibilitando a democratização da informação.  

Por fim, a Câmara Municipal de Manaus se coloca à disposição dos órgãos de controle, como sempre o fez, a fim de esclarecer e prestar as devidas informações sobre qualquer ato presidencial.”

Qual Sua Opinião? Comente:

Este post tem um comentário

  1. Otoniel Mendonça

    Só falta a câmara explicar porque fez o contrato logo com a emissora do filho do Secretário de finanças do municipio!

Deixe uma resposta