Braga: “Vou responder a tudo e a todos nesta eleição. Eu e Marcelo estamos juntos para tirar o Amazonas da crise”, Veja vídeo

O senador Eduardo Braga afirmou agora há pouco, durante Convenção do PMDB e aliados, realizada na quadra da escola de samba Unidos do Alvorada, que não vai deixar de responder a nenhuma acusação feita a ele nos últimos anos. Ao lado de seu companheiro de chapa, Marcelo Ramos (PR), da senadora Vanessa Grazziotin (PC do B), do deputado Alfredo Nascimento (PR) e e lideranças dos outros partidos que estão na aliança, ele garantiu: “Nos unimos para tirar o Amazonas da crise”.

“Eu vou responder a tudo e a todos nesta campanha. Temos muita coragem para enfrentar o desafio que está a nossa frente. Trabalho desde os 15 anos e não vou deixar minha história ser manchada por acusações levianas”, disse ele.

A Convenção foi realizada em clima de festa, com a quadra lotada. Até o trânsito nos arredores ficou difícil. Estavam por lá também lideranças do interior, como o prefeito de Rio Preto da Eva, Anderson Souza, que é do PROS de José Melo.

Marcelo Ramos afirmou que tem diferenças com Braga, mas se uniu com ele para enfrentar os problemas do Estado, que são muitos.

“O nosso principal adversário nessa eleição é a crise que se abateu sobre o Amazonas. A crise que está na segurança, na saúde, na educação, na geração de emprego, enfim, em todos os setores do nosso estado. Vamos trabalhar em cima de um plano emergencial para colocar, novamente, o Amazonas nos trilhos do desenvolvimento e da geração de emprego e renda”. Essa foi a tônica do discurso do senador Eduardo Braga durante o lançamento da coligação “União pelo Amazonas”, que disputará a eleição complementar no próximo dia 6 de agosto.

O evento foi realizado na manhã dessa sexta-feira (16/06), na quadra da Escola de Samba Unidos do Alvorada, no bairro da Alvorada. Diante de uma multidão de mais de 6 mil pessoas, Eduardo Braga, falou sobre a dura crise que se abateu sobre o Amazonas. “O desemprego bateu recorde na capital, com 22% da população de Manaus fora do mercado de trabalho. Outros 75% da população economicamente ativa do interior estão sem ocupação econômica”, lamentou o candidato. “Vamos reacender a esperança e alegria do povo do Amazonas. O Amazonas voltará a sorrir”, completou.

“Estamos nos unindo para apresentar um plano emergencial para tirar o Amazonas da crise. A crise que desemprega, a crise que não dá saúde para o nosso povo, que não oferece uma escola de qualidade para a nossa gente”, reforçou Eduardo Braga.

O candidato a vice-governador, ex-deputado Marcelo Ramos, fez uma análise do atual momento político. “Estamos tendo a chance de corrigir o erro que cometemos em 2014. Temos a consciência que foi um erro para o Estado do Amazonas e um erro do ponto de vista jurídico legal, porque o governador foi cassado”, afirmou.
Marcelo falou sobre a união com Eduardo Braga na chapa “União pelo Amazonas”. “Tenho a certeza que, maior que minha vaidade, são os interesses do povo do Amazonas. Eu e Eduardo soubemos discutir com nossas diferenças, buscando uma convergência para entender que o Amazonas tem jeito para sair dessa crise”, comentou.

UNIÃO PELO AMAZONAS

Eduardo Braga falou sobre a união com Marcelo Ramos. “A minha experiência, o conhecimento adquirido e aprendizado ao longo da caminhada, agora somam com a juventude e o espírito de renovação do Marcelo. Estamos abertos para um debate franco, honesto, corajoso, respeitoso, em cima de um plano de governo que está sendo construído pelas mãos de todos os companheiros que compõem o nosso arco de aliança”, informou Braga.

A coligação “União pelo Amazonas” conta com os partidos: PMDB, PR, PCdoB, PTB, Solidariedade, Avante e PSDC. “Este arco de aliança pode crescer, pois ainda temos muitos dias até o registro das atas”, destacou o senador.

Veja o vídeo:

Qual Sua Opinião? Comente:

Deixe uma resposta