Braga sugere decreto para resolver problemas em áreas de conservação

O senador Eduardo Braga (PMDB/AM) cobrou, na quarta-feira (24/05), do governo federal o rápido encaminhamento de uma solução sobre o conflito que envolve as cinco unidades de conservação criadas em maio de 2016 no sul do Amazonas. Ele recomendou a edição de um ato com pontos de consenso a respeito do assunto.

“Creio que já é chegada a hora para que o governo faça um decreto naquilo em que não há empecilho. Estamos há um ano nessa discussão”, afirmou o parlamentar durante reunião da bancada do estado no Congresso Nacional com o ministro do Meio Ambiente, Sarney Filho, e técnicos da pasta.

De acordo com o senador, a população e os pequenos produtores do sul amazonense têm enfrentado uma série de adversidades. “Há um longo e tenso conflito na região. As pessoas estão com dificuldades de sobrevivência e de ter uma segurança jurídica para trabalhar”, disse.

Ao ministro e aos técnicos, Eduardo Braga lembrou que o Amazonas foi pioneiro ao implantar projetos de desenvolvimento sustentável, especialmente a partir dos anos 2000, mas hoje essas iniciativas esbarram em entraves burocráticos. “O grande desafio é integrar o que está no papel e na vida real das pessoas. Enquanto criamos regras de sustentabilidade, estamos criando barreira de insustentabilidade para a sobrevivência dos cidadãos”, afirmou.

Foto: Vagner Carvalho

Qual Sua Opinião? Comente:

Deixe uma resposta