Bolsonaro muda de ideia de novo e diz que vai entrar na campanha em Manaus na reta final

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on email
Share on print

O presidente da República, Jair Bolsonaro (sem partido), mudou o discurso de que não iria se envolver nas eleições municipais e disse, por meio de sua já tradicional live das quintas-feiras que anunciará quem são seus candidatos duas semanas antes do primeiro turno. E voltou a afirmar que seu candidato em Manaus é “um coronel do Exército”, referindo-se ao Coronel Menezes (Patriota).

“Quando faltarem duas quintas-feiras para as eleições, vou fazer campanha para alguns candidatos no Brasil”, disse Bolsonaro em sua live semanal, desta vez a bordo de um navio da Marinha no Pará.

Existe hoje uma disputa entre Menezes e o deputado federal Capitão Alberto Neto (Republicanos) para ver quem capitaliza o apoio de Bolsonaro. Este último inclusive usou o nome do presidente em sua primeira inserção no rádio e na TV. “Venha participar do governo Bolsonaro”, afirmou.

“Foto com o presidente todo mundo tem. Agora o apoio somente eu, em Manaus. Há muitos candidatos forçando a barra para terem esse apoio, mas esquecem que nós, militares, somos estadistas e também leais. Nossa amizade é antiga e respeitosa. É uma honra contar com o apoio do meu presidente. Isso só aumenta minha responsabilidade”, rebateu Menezes, que usa a imagem de Bolsonaro em todo o seu material de campanha.

Também tentando capitalizar a ligação com o presidente, o deputado Josué Neto (PRTB), presidente da Assembleia Legislativa, tem pedido votos para David Almeida (Avante) afirmando que seu candidato é alinhado com Bolsonaro. De outro lado, o vereador Chico Preto (DC) e o empresário Romero Reis (Novo) também se apresentam como candidatos de direita, mas têm evitado usar o nome da autoridade máxima do país.

Qual Sua Opinião? Comente:

Deixe uma resposta