Assustada com “invasão” de visitantes, prefeita de Presidente Figueiredo fecha tudo nos finais de semana

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on email
Share on print

A “invasão” de visitantes vindos especialmente de Manaus nos últimos 15 dias, com maior ênfase no último “feriadão” da Semana Santa, fez com que a prefeita de Presidente Figueiredo, Patrícia Lopes (MDB), decidisse por editar um novo decreto fechando cachoeiras, cavernas, parques públicos e privados, templos religiosos e demais atrativos de lazer nos finais de semana, pelos próximos 15 dias. O objetivo, segundo ela, é evitar uma terceira onda de contágios pela Covid-19.

O novo decreto, que leva o número 3046, prevê que estas áreas de lazer e as Igrejas poderão funcionar somente de segunda a sexta, das 8 às 17 horas. Há também um toque de recolher aos fins de semana, das 18h às 5h. Durante a semana, o toque de recolher vai das 23h às 5h.

“Estamos recebendo por fim de semana uma média de 10 mil pessoas,e muitas delas não estão obedecendo as normas sanitárias de prevenção a Covid-19. Fora isso, precisamos observar o que está por vir e fazendo esse lockdonw aos finais de semana vamos tentar evitar uma terceira onda, o que poderia ser bem mais grave do que ficarmos 15 dias sem os atrativos turísticos abertos”, explica a prefeita.

Segundo a prefeita, outras atitudes também já estão sendo tomadas pelo município, que está ampliando o anexo do hospital geral Municipal e agilizando a montagem e o funcionamento da usina de oxigênio própria do hospital.

O novo Decreto Municipal terá validade até o próximo dia 19 de abril.

 

Qual Sua Opinião? Comente:

Deixe uma resposta