Arthur pede, em nota, serenidade e prega “Amazonas em primeiro lugar”

O prefeito de Manaus, Arthur Virgílio Neto, acaba de divulgar uma nota em que se manifesta sobre a cassação do governador José Melo. Nela, ele prega serenidade, não faz acusações e pede que o Estado seja colocado em primeiro lugar neste momento.

Veja a íntegra:

“AO POVO AMAZONENSE                                                                                               

Nesta hora de imensa gravidade para a vida institucional do Amazonas, minha palavra é de serenidade. Vivemos sob o império da lei e da democracia. As soluções político-jurídicas serão todas apontadas em normalidade e seguindo os passos civilizatórios muito bem encetados pela nação brasileira.        

Não especulo; aguardo. Não faço abordagens de cunho eleitoral; acompanho, isto sim, cada instante do processo decisório que indicou, na manhã de hoje, a cassação dos mandatos de governador e vice-governador empossados em 1o de janeiro de 2014.        

O Amazonas é grande na alma e na sua própria e continuada construção. Saberá agigantar-se, certamente, pelo espírito público que deve orientar os passos dos seus líderes. Suponho sabedoria e desprendimento. Confio que será assim.       

A normalidade haverá de ser objetivo de todos. As ambições, por legítimas que venham a ser, haverão de ser domadas pelos atores de nossa cena política.

Amazonas em primeiro lugar. Paz que propicie a luta, posta acima de bandeiras ideológicas ou partidárias, pela prosperidade social e econômica de uma sociedade merecedora de liberdade e futuro.

Trabalhemos pelo melhor. Costuremos as mais justas saídas. Sejamos generosos e elevados.        

E que Deus proteja o Amazonas!

Manaus, em 4 de maio de 2017

Arthur Virgílio Neto

Prefeito Municipal de Manaus”

LEAVE A REPLY