Apreensão de balsas faz preço da botija de gás explodir na região da Tríplice Fronteira

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on email
Share on print

A apreensão, nos últimos dias, de balsas que transportavam botijas de gás, algumas das quais escondiam volumes com drogas, fez explodir o preço do produto essencial para cozinhar em Tabatinga (a 1.108 quilômetros da capital) e demais municípios da região da Tríplice Fronteira. Um único volume chega a custar R$ 140 e há filas enormes nos postos de vendas.

A última apreensão na manhã de quarta-feira (05/05), aproximadamente 5 mil botijões de gás GLP, conhecido como gás de cozinha, que seriam transportados de maneira ilegal em uma embarcação do tipo balsa, com destino ao município de Tabatinga.

De acordo com os policiais, por volta das 9h, durante policiamento ostensivo no porto do bairro Educandos, na zona sul, a equipe de serviço efetuou abordagem à embarcação, que estava prestes a zarpar com o carregamento de gás GLP. Os militares solicitaram do responsável pelo carregamento, um homem de 42 anos, o documento de Licença de Operação (LO), obrigatório e exigido por lei para o tipo de transporte de material, porém ele não possuía a licença.

Em razão da irregularidade, a embarcação tipo balsa e um motor empurrador, além da carga de botijões, foram apreendidos, e o homem foi conduzido à Delegacia Especializada em Crimes Contra o Meio Ambiente (Dema), para a conclusão dos procedimentos legais.

Qual Sua Opinião? Comente:

Deixe uma resposta