Após perder o melhor amigo, colunista e ator sofre infarto e morre

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on email
Share on print

O ator e ex-colunista social Fábio Marques,  de 62 anos, que também era funcionário da Secretaria de Cultura do Estado há 42 anos, morreu ontem depois de sofrer três paradas cardíacas. Ele era o melhor amigo do ator, diretor e produtor Luiz Vitalli, morto na véspera, e havia acabado de fazer uma postagem nas redes sociais em homenagem ao falecido. Os dois foram velados juntos no Centro Cultural Palácio Rio Negro e estão sendo enterrados ao longo do dia.

Marques  passou pelo cerimonial e pela Secretaria de Comunicação do Governo do Estado , além de ter atuado como colunista social de importantes jornais de Manaus. Atualmente, trabalhava no Cineteatro Guarany. Ele sofreu um infarto enquanto se preparava para se despedir do amigo Vitalli, um dos grandes expoentes do teatro e do cinema amazonense, que faleceu na madrugada desta quinta-feira.

O secretário estadual de Cultura, Marcos Apolo Muniz, lamentou as perdas. “É um dia muito triste para a cultura amazonense. Dois seres humanos incríveis, iluminados, dedicados em tudo o que se propuseram a fazer. Pessoalmente, sinto a dor de perder dois amigos, com quem tive ótima convivência e por quem nutria grande admiração. Todo o meu respeito às famílias e à classe artística, que hoje vivem um momento doloroso. O que eles fizeram pela arte amazonense nunca será esquecido”, afirmou.

Qual Sua Opinião? Comente:

Deixe uma resposta