Amazonino desembarca hoje em Manaus e deve agitar sucessão municipal

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on email
Share on print

Depois de passar quase todo o período da pandemia em São Paulo, fazendo exames e reunindo com assessores, o ex-governador Amazonino Mendes (Podemos) desembarca hoje em Manaus e deve mergulhar de imediato nas articulações com vistas à eleição para prefeito da capital amazonense. Ele é candidatíssimo a exercer o seu quarto mandato – o primeiro foi indicado pelo então governador Gilberto Mestrinho e os dois outros por eleição direta.

Aos 80 anos de idade, Amazonino é, ao lado do atual mandatário, Arthur Virgílio Neto (PSDB), o político que mais vezes exerceu o mandato de prefeito de Manaus e é líder nas pesquisas, podendo bater esse recorde. Seu retorno à capital dá início àquela que promete ser a disputa mais acirrada da pré-campanha: o posto de vice na chapa dele.

O fato de ser líder nas pesquisas não significa que Amazonino já tenha vencido a eleição. Indica apenas que o recall dele é o melhor e aponta um desgaste no conceito de “novo”. Os mesmos levantamentos mostram uma disputa acirrada com o ex-deputado David Almeida (Avante) no segundo turno. Já os outros pré-candidatos seriam batidos com alguma facilidade pelo veterano político.

Nos últimos meses, Amazonino manteve contato por telefone com vários postulantes ao cargo de prefeito. Também falou com Arthur, segundo o blog apurou. Ele tem praticamente alinhavado o apoio do MDB, do senador Eduardo Braga, um político que já foi apontado como sucessor dele, mas se tornou um rival em boa parte das últimas disputas eleitorais. Os dois aparentemente voltaram a firmar a antiga aliança.

Por coincidência (ou não), Eduardo também desembarca hoje em Manaus, quase ao mesmo tempo que Amazonino. Vai também se dedicar às articulações para a eleição municipal.

Qual Sua Opinião? Comente:

Deixe uma resposta