ADS promete produtos 30% abaixo do valor de mercado em Rio Preto

Organizada pela Agência de Desenvolvimento Sustentável (ADS), a nova Feira de Rio Preto da Eva (a 81 quilômetros de Manaus)  vai oferecer produtos de hortifruti até 30% abaixo do valor do mercado durante os sábados e domingos. A feira foi inaugurada neste último fim de semana pelo vice-governador Henrique Oliveira.

A iniciativa vai beneficiar mais de 73 produtores do município que poderão revender suas mercadorias, direto ao consumidor final em um local seguro e implantado dentro das normas de infraestrutura. “Quem for até o Rio Preto da Eva para visitar a nova feira regional da cidade nos fins de semana poderá encontrar produtos mais em conta e de qualidade além de valorizar os nossos produtores”, disse o presidente da ADS, Lissandro Breval.

Segundo ele, a nova feira foi inaugurada em parceria com a Prefeitura do município e o Fundo de Promoção Social (FPS), que já investiu R$ 100 mil na estruturação de cinco feiras no mesmo modelo. De acordo com ele, outras nove feiras devem ser inauguradas em parceria com o FPS, em 2017, beneficiando a população da capital e do interior.

“Rio Preto da Eva é o primeiro município a receber uma nova Feira destinada aos produtos regionais. A iniciativa beneficia ainda mais os agricultores e produtores rurais do Amazonas, contribuindo com a melhoria de qualidade de vida e a renda dessas famílias”, frisou.

Além de Rio Preto da Eva, os municípios de Itacoatiara, Manacapuru, Benjamin Constant, Tefé, Iranduba, Maués, Lábrea, Tonantins e Manaus deverão receber a Feira no decorrer de 2017. O evento de inauguração em Rio Preto da Eva acontecerá durante as comemorações de 35 anos de aniversário da cidade, onde 21 obras serão inauguradas pela Prefeitura em parceria com o Governo do Estado.

A nova feira abrigará mais de 50 agricultores familiares de comunidades do município e receberá um novo espaço com 20m², tendas e expositores para pescados. Na ocasião, serão entregues aos produtores mais de cinco mil embalagens para produtos regionais e eles contarão com atendimento do Balcão de Agronegócios da ADS.

Qual Sua Opinião? Comente:

Deixe uma resposta