A fome grassa no Brasil

A publicação de recente pesquisa, que revela 33 milhões de pessoas passando fome no Brasil, mostra realmente o desgoverno que temos no Brasil. O povo está mais pobre e a responsabilidade está nessa política do governo, de alto desemprego, de falta de oportunidades, de falta de investimento público e de corte de recursos na área social, na educação e também na moradia. Apesar de tanto sofrimento no período da pandemia, nenhuma casa nova foi construída nesse Governo.
E o Estado do Amazonas é um dos mais prejudicados. Essa pesquisa mostrou que a região Norte tem um dos percentuais mais elevados, incluindo, o Amazonas. Enquanto que no Brasil você tem 15% da população nessa situação mais extrema da fome, no Norte como um todo esse percentual chega a 25%. Estamos falando de um quarto da população do Estado nessa situação mais extrema, que fica mais grave por conta das enchentes, quando muitas famílias perdem tudo. E quem trabalha na agricultura tem um prejuízo ainda maior, com poucas ações públicas de apoio.

Cobrei todas essas questões do Ministério do Desenvolvimento Regional (MDR), durante visita que realizei ontem (8). Queremos saber dos recursos para acolher as famílias vítimas das enchentes, já que temos mais de 40% dos municípios em situação de emergência. Espero que nessas eleições o povo, sobretudo, do Amazonas, não se esqueça de todo esse abandono!”

Qual Sua Opinião? Comente: