Taxa de desemprego no Amazonas é de 17,9% e Cetam tenta diminuir o índice

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on email
Share on print

Conforme os últimos dados do Centro da Indústria do Estado do Amazonas (Cieam), apesar da gradual recuperação de vendas, a taxa de desemprego, no estado, chegou a 17,9% em agosto, atingindo 286 mil amazonenses. O Centro de Educação Tecnológica do Amazonas (Cetam), está intensificando ações no sentido de reduzir este índice. Para tanto, está focando na capacitação de mão de obra com o objetivo de atender as demandas do mercado, ampliando a oferta de cursos gratuitos de qualificação profissional e técnicos profissionalizantes.

Um dos objetivos do Cetam é colaborar para a redução desses números. “Nosso compromisso é com a qualificação profissional. E estamos mantendo contato com diferentes órgãos visando a absorção desses formandos no mercado de trabalho”, afirmou o diretor-presidente do Cetam, Professor Dr. José Augusto de Melo Neto.

Esta semana, a direção do Cetam esteve reunida com o presidente da Federação das Indústrias do Estado do Amazonas (Fieam), Antônio Silva. O professor José Augusto destacou as ações realinhadas ao Governo do Estado, principalmente a oferta de cursos na área da Indústria 4.0.

“Nos próximos dois anos, iremos instalar laboratórios técnicos que enriquecerão o aprendizado. Também ampliaremos as parcerias institucionais com a intenção de gerar empregabilidade a alunos e ex-alunos do Cetam”, destacou o diretor-presidente da instituição.

Nos próximos dias, o professor José Augusto se reunirá com a direção da Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado do Amazonas (Fecomércio/AM). Ele vai apresentar as metas do Cetam para 2021/2022 e ver de que forma a entidade poderá contribuir para a inserção, no mercado de trabalho, de pessoas formadas pelo Centro.

Reunião do Codam

Hoje, o Cetam esteve presente na 287ª Reunião Ordinária do Conselho de Desenvolvimento do Estado do Amazonas (Codam), órgão colegiado vinculado à Secretaria de Estado de Desenvolvimento Econômico, Ciência, Tecnologia e Inovação (Sedecti).

Por meio de teleconferência presidida pelo titular da Sedecti e vice-presidente do Codam, Jório de Albuquerque Veiga Filho, o Professor Dr. José Augusto de Melo Neto apresentou o Cetam e falou o que pretende fazer nos próximos dois anos. Destaque para a ampliação em 64% da oferta de cursos profissionais.

Foto: Cleudilon Passarinho

Qual Sua Opinião? Comente:

Deixe uma resposta