Rotta comemora a aprovação do uso da fosfoetanolamina, a “pílula do câncer”, pela Câmara Federal

Share on whatsapp
Share on facebook
Share on twitter
Share on email
Share on print

rotta

O plenário da Câmara dos Deputados aprovou, ontem, projeto que autoriza o uso da fosfoetanolamina sintética, conhecida como “pílula do câncer”. A aprovação do projeto contou com forte mobilização e apelo popular, sobretudo de pacientes que já utilizaram a fosfo e de interessados em testá-la.  
O deputado federal Marcos Rotta (PMDB-AM), que defendeu a aprovação do projeto, conta que recebeu diversas manifestações populares, pessoalmente e via redes sociais, pela autorização do uso. “Espero que a aprovação possa criar um mecanismo a mais para o tratamento para uma doença que, apesar das inovações, das pesquisas, ainda não há cura”, ressaltou.

Apesar de não haver comprovação científica da eficácia do medicamento, há diversos relatos de pacientes sobre melhoria de qualidade de vida com o uso da fosfo. Além disso, trata-se de uma substância de baixo custo e acesso popular.

No final de 2015, o parlamentar recebeu em seu gabinete integrantes do Gamma – Grupo de Apoio às Mulheres Mastectomizadas do Amazonas. Entre os pedidos, estava a celeridade na votação do projeto.

“Trata-se de uma grande conquista para as pessoas portadoras de câncer e seus familiares. Temos que ser a favor da vida e da esperança”, destacou Rotta.

Qual Sua Opinião? Comente:

Deixe uma resposta