Vereador de Manaus é acusado de agredir namorada, porque ela se recusou a fazer sexo grupal

O vereador François Vieira da Silva Matos, o “Professor Fransuá” (PV), foi acusado pela namorada, Sheila Moura Rocha, de te-la agredido depois que ela se recusou a fazer sexo grupal com ele e mais um casal de amigos que os acompanharam em uma viagem de lazer a Presidente Figueiredo. O boletim de ocorrência foi registrtado na Delegacia de Crimes contra a Mulher no início da manhã de ontem (veja abaixo).

Segundo ela, os quatro estavam hospedados na pousada da Cachoeiria Iracema, naquele município, quando o parlamentar a chamou para fazer sexo com o outro casal. Ao se recusar, ela foi agredida, ofendida e expulsa do local pelo companheiro, com quem namora há dois meses. Ela procurou a Polícia porque se sentiu ameaçada em função da posição dele. Foi recomendado pelos policiais que a denunciante fosse colocada em um abrigo, fora do alcance do namorado.

O blog tentou entrar em contato com o vereador, mas não obteve sucesso.

Like
Like Love Haha Wow Sad Angry
11

LEAVE A REPLY