Urgente: Arthur se reúne com Sinetran e rodoviários e consegue impedir greve na segunda-feira

O prefeito de Manaus, Arthur Virgílio Neto, garantiu que não haverá greve no transporte público na próxima segunda-feira, 22/5, informação referendada pelo presidente do Sindicato dos Rodoviários, Givancir  Oliveira. O anúncio aconteceu após reunião com representantes do Sindicato das Empresas de Transporte de Manaus (Sinetran) e do Sindicato dos Trabalhadores de Transporte Rodoviário de Manaus (STTRM), no início da noite desta sexta-feira, 19/5, na sede da Prefeitura de Manaus, Compensa, zona Oeste. Para o prefeito, é inconcebível que a população seja prejudicada pela relação entre patrões e empregados e, por isso, ele tomou a iniciativa de reunir as categorias e discutir o impedimento da greve.

“Aqui se desfez a ideia da greve para se pensar em uma solução. O apelo que eu faço para ambos os setores, aos rodoviários e ao Sinetram, é que percebam que há uma tarifa realista paga pelo povo e que não é mais cabível haver greve em Manaus”, disse.

Após a reunião ficou decidido que empresários e rodoviários voltam a se reunir na segunda-feira para uma segunda rodada de negociações. ”Nós precisamos que eles sentem para negociar e cada um verifique no que pode ceder, de modo que Manaus possa ter segurança e serenidade. São dois milhões de pessoas que dependem, direta ou indiretamente, do bom funcionamento do transporte coletivo”, enfatizou Arthur.

O presidente do Sindicato dos Rodoviários, Gilvancir Oliveira, elogiou a atitude do prefeito Arthur Neto, em mediar a reunião para evitar a realização da greve. “Graças ao prefeito Arthur e a sua mediação, na segunda-feira não vai ter greve. O sindicato recuou para uma segunda tentativa de negociação”, disse o rodoviário.

LEAVE A REPLY