Uma homenagem a Mandela

Por Robson Roberto*

Nesta semana que comemoramos o Dia da Consciência Negra, resolvi fazer uma homenagem ao grande líder mundial Nelson Mandela. De uma forma diferente, nada de Biografia e nem história desse exemplo de ser humano, líder, enfim um ser iluminado. Resolvi transcrever sábias palavras que ele pronunciou em seu discurso de posse em 1994: Que será eternizada, sempre atual. Onde cabe nossa completa reflexão, principalmente nesse momento de tanta intolerância e pessoas quase sempre sem paciência, compreensão e falta de amor ao próximo.

Aí, me pregunto: Como pode um homem negro que passou 27 anos preso. Depois de libertado, torna-se Presidente e em sua posse ainda consegue escrever um discurso, como ele fez.

“Nosso maior medo não é sermos inadequados. Nosso maior medo é não saber que nós somos poderosos, além do que podemos imaginar. É a nossa luz, não nossa escuridão, que mais nos assusta. Nós nos perguntamos: “Quem sou eu para ser brilhante, lindo, talentoso,
fabuloso?”.

Na verdade, quem é você para não ser? Você é um filho de Deus. Você, pensando pequeno, não ajuda o mundo. Não há nenhuma bondade em você se diminuir, recuar para que os outros não se sintam inseguros ao seu redor.

Todos nós fomos feitos para brilhar, como as crianças brilham. Nós nascemos para manifestar a glória de Deus dentro de nós. Isso não ocorre somente em alguns de nós; mas em todos. Enquanto permitimos que nossa luz brilhe, nós, inconscientemente, damos permissão a outros para fazerem o mesmo. Quando nós nos libertamos do nosso próprio medo, nossa presença automaticamente libertará outros.”

Obrigado Mandela, seu modo de agir e falar nos estimula a acreditar que podemos fazer um mundo melhor, através de suas palavras e atitudes.

Mandela, um exemplo.

*O autor é urbanista, empresário e contabilista

Like
Like Love Haha Wow Sad Angry

LEAVE A REPLY