Um grande retrocesso

Por José Ricardo Weddling*

Quero expressar meu repúdio ao Governo Federal pelo corte nos investimentos da educação. Isso é mais um resultado do golpe. Tem gente que não quer mais ouvir falar em golpe, mas não tem como esquecer, pois todos os dias somos surpreendidos com medidas negativas, que trazem o retrocesso para o país.

Primeiro entregaram o pré-sal para os estrangeiros, acabando com a fonte de recursos para expandir os investimentos na educação, consequentemente impedindo a executar o Plano Nacional de Educação e a proposta de destinar 10% do PIB para a educação. Tem gente que está rindo disso tudo, que não sente o retrocesso.

Estamos perdendo a oportunidade de dar um salto no desenvolvimento da educação no país com a entrega do pré-sal. Depois, com ajuda da maioria dos parlamentares do Amazonas, o Governo Federal congelou os investimentos em saúde, educação, segurança, saneamento básico por 20 anos.

E agora, o presidente resolveu fazer cortes no recurso para pesquisas em todas as áreas e para as bolsas de mestrado e doutorado. Nos governos de Lula e Dilma, os investimentos em pesquisa chegaram a R$ 8 bilhões. Agora, no governo do golpista Temer, esses investimentos vieram decaindo chegando a apenas R$ 4 bilhões em apenas dois anos, portanto, estão acabando com as pesquisas no Brasil. Isso é um grande retrocesso para o desenvolvimento do país, principalmente para o Amazonas, que depende de pesquisas para alternativas econômicas.

*O autor é economista e deputado estadual pelo PT

Like
Like Love Haha Wow Sad Angry

LEAVE A REPLY