“Tacacá na Bossa” vai parar em vídeo nos aviões da American Airlines

O “Tacacá na Bossa” será destaque em um vídeo que a American Airlines lançará para valorizar a diversidade cultural da capital amazonense e incentivar o turismo na região. O vídeo será exibido a bordo dos voos domésticos da empresa a partir de fevereiro de 2018. 

De acordo com Emily Araújo, produtora da campanha, a beleza natural e os pontos culturais da cidade de Manaus serão mostrados no vídeo. Entre eles está o Tacacá da Gisela, onde acontece, às quartas-feiras, o “Tacacá na Bossa”, evento apoiado pela Secretaria de Estado de Cultura (SEC) e que conta com a apresentação de diversos artistas regionais.  

“Nesse material nós incluímos alguns itens menos tradicionais como observação de pássaros, o nascer do sol, uma escalada em árvore e, para fechar, tomaremos o tacacá na tenda da Gisela, no Largo São Sebastião ao som da banda amazonense Alaídenegão”, comenta a produtora.  

Este é o segundo ano consecutivo que a cidade de Manaus é incluída em chamadas da companhia aérea, que atualmente é a maior empresa de voos comerciais do mundo, atendendo cerca de 50 países. 

De acordo com o produtor “Tacacá na Bossa”, Joaquim Melo, essa divulgação da capital amazonense ajuda na valorização dos artistas locais. “Esse tipo de divulgação é muito boa para os artistas e para a cidade como um todo. Nesta quarta-feira a atração será a Alaídenegão, que é uma banda que já tem a nossa personalidade e a cara da cidade”, afirma Joaquim. 

Tacacá na Bossa  – O projeto surgiu em 2005 com o intuito de divulgar talentos da música popular amazonense. O evento acontece todas as quartas-feiras no Tacacá da Gisela, localizado no Largo São Sebastião, Centro Histórico de Manaus, com shows gratuitos  de diferentes intérpretes. Nomes como Cileno, Chico da Silva, Fátima Silva e Evandro Siqueira já fizeram shows no local, que é ponto de encontro de amazonenses e também de turistas de diversos países que visitam a cidade. 

Joaquim Melo conta que o projeto é realizado em parceria com o Governo do Amazonas, por meio da Secretaria de Estado de Cultura. Ele afirma que, atualmente, uma média de 500 pessoas assistem, todas as semanas, as apresentações de artistas regionais e nacionais.  

“A gente teve a ideia de divulgar músicas populares do Amazonas. Na época, a secretaria ainda não tinha projetos de cultura no Largo e juntos nós implementamos esse projeto em todas as quartas-feiras do mês. Atualmente, nós contamos com a participação de diversos artistas do estado e também cantores nacionais. Nós começamos a fazer o agendamento no mês de marco e a procura é  tao grande  que nós temos até trabalho para agendar todos os artistas”, explica Joaquim.

Like
Like Love Haha Wow Sad Angry

LEAVE A REPLY