Rosseli diz que vai recorrer de multa aplicada pelo TCE

O secretário de Educação Básica do Ministério da Educação (MEC), Rossieli Soares da Silva, informou, por meio de sua assessoria de comunicação, que não foi notificado e irá recorrer sobre a decisão do colegiado de conselheiros do Tribunal de Contas do Estado do Amazonas (TCE-AM), que julgou irregulares as contas referentes ao exercício de 2013 da Secretaria de Estado de Educação do Amazonas (Seduc), quando Rossieli foi titular daquela pasta.

A assessoria esclareceu que o gerenciamento, o acompanhamento, a fiscalização e a emissão dos projetos e laudos de vistoria ficavam a cargo dos fiscais designados pelo Secretaria de Infraestrutura do Estado (Seinfra) e não do secretário Rossieli.

Segundo a assessoria de comunicação, ainda cabe recurso perante o Tribunal e as restrições apontadas serão esclarecidas e resolvidas, como já foram em outros casos idênticos.

Like
Like Love Haha Wow Sad Angry

LEAVE A REPLY