Praciano aceita ser vice e David Almeida consegue o milagre de reunir simpatizantes de Lula e Bolsonaro

O deputado David Almeida (PSB) conseguiu o milagre. Vai ter simpatizantes de Jair Bolsonaro (PSL) e de Luís Inácio Lula da Silva (PT) em sua chapa majoritária. O ex-deputado petista Francisco Praciano reavaliou o quadro e aceitou compor como candidato a vice-governador, abrindo a vaga para que a senadora Vanessa Grazziotin (PC do B) seja candidata ao Senado com o apoio do grupo. O advogado Jorge Guimarães deve abrir mão da indicação.

Após as convenções partidárias realizadas no final de semana, o PT-AM decidiu por unanimidade apoiar David Almeida, indicando o nome do advogado Jorge Guimarães como vice. Ficou pendente a situação da vaga de candidato ao Senado, já que uma delas estava ocupada pelo vereador Chico Preto (PMN), eleitor de Bolsonaro.

A Direção Nacional do PT não aceitou a indicação de Praciano e afirmou ter preferência por Grazziotin. Os dois trocaram farpas pelas redes sociais.

David, que já havia garantido o tempo de TV suficiente para equilibrar a disputa com Amazonino Mendes (PDT) e Omar Aziz (PSD), passou a trabalhar para ter a militância do PT, que ainda é forte, nas ruas. Chegou a dizer que Praciano era o vice dos sonhos. “Ele somaria demais e eu ficaria muito honrado, feliz e satisfeito que ele estivesse no mesmo palanque comigo”, declarou.

Após muitas conversas de bastidores entre PT, PCdoB e PSB, que formam a aliança nacional, sob a coordenação da presidente nacional petista, Gleisi Hoffmann, desenhou-se um acordo em nome da unidade da esquerda do Amazonas. Praciano está abrindo mão da candidatura ao Senado, aceitando ser candidato a vice governador na chapa de David Almeida (PSB), abrindo espaço para a senadora Vanessa Grazziottin compor a chapa majoritária .

Praciano obteve 549.748 votos na última eleição para o Senado. Antes disso, foi deputado federal em três legislatura, numa delas como o mais votado do Estado. Iniciou sua carreira em 1991, como vereador em Manaus. Reelegeu-se em 1992, 1996 e no ano 2000. Foi eleito deputado federal em 2002, reelegendo-se em 2006 e 2010.

Like
Like Love Haha Wow Sad Angry

LEAVE A REPLY