Mosaico das eleições

Por Daniel Melo*

Eleições suplementares no Amazonas. Abstenção enorme, votos nulos e brancos que demonstram a insatisfação quase geral dos eleitores. Os vitoriosos não podem se entusiasmar: seus números são bem inferiores às suas trajetórias. Segundo turno? Previsão ainda maior de abstenções, nulos e brancos, pois há ainda uma forte rejeição a Braga e Amazonino.

E o José Ricardo? Surpresa? Prova de que a militância petista e o lulismo ainda são muito fortes no Estado. Liliane Araújo?  Só o voto de protesto justifica a  votação surpresa da jornalista. Com todo respeito, ela é muito despreparada, muito fraca. Não tem propostas e ainda escorrega feio na linguagem…

Eu ainda não falei de Rebeca Garcia. Poderia ter obtido uma votação mais expressiva em Manaus. Contudo, pode ser uma liderança expressiva no cenário político local. Sua passagem pela Suframa foi uma agradável surpresa até para o empresariado local. Foi defenestrada injustamente por Temer. Rebeca foi prejudicada pelo imbróglio com o vice. Poderia ter ido mais longe.

E os outros? Wilker Barreto teve uma votação pífia para quem comanda a Câmara Municipal. No último debate, demonstrou sequer conhecer as atribuições da Suframa. Seus votos pouco influenciarão no segundo turno. Marcelo Serafim. É preparado, mas não tem carisma. Seu partido é fraco e o discurso precisa de renovação. E Luís Castro? É um excelente nome para novamente ocupar a Prefeitura de Envira!

Meu leitor eleitor. Faço estas observações como visualizador do cenário político local. Não sou um especialista, não sou um cientista político, sou um cidadão que me preocupo com os destinos do meu Estado. Portanto, vamos ao segundo turno. Vai ser duro, mas temos que cumprir nossa obrigação cívica!

*O autor é pedagogo e pastor da Igreja de Deus Pentecostal do Brasil

Like
Like Love Haha Wow Sad Angry

LEAVE A REPLY