Militar reformado tinha arma exclusiva e mercadoria roubada

A Polícia Civil do Amazonas, por meio da equipe de investigação do 6º Distrito Integrado de Polícia (DIP), sob o comando do delegado Jeff David Mac Donald, titular da unidade policial, prendeu, em flagrante, na madrugada desta quinta-feira (07/12), por volta de 1h, na rua Brasil, bairro Nossa Senhora das Graças, zona centro-sul, o militar da Marinha reformado Raimundo Alves Feitoza, 65, por receptação qualificada, porte de arma de fogo de uso restrito, posse de munição de uso permitido e crime contra a ordem econômica.

De acordo com a autoridade policial, em posse do infrator foram encontrados 60 gramas de ouro bruto, 250 gramas de ouro especificado, além de 23 televisores, oito condicionadores de ar, 20 munições de calibre 38 e uma arma com numeração raspada, do tipo sinalizadora, de uso restrito das Forças Armadas.

Conforme o titular do 6° DIP, a equipe de investigação da unidade policial chegou até o infrator após receber denúncia de representantes de uma empresa especializada em monitoramento de carga, com sede na cidade de São Paulo (SP), informando o furto de mercadorias de uma empresa de eletrônicos, ocorrido há duas semanas, em Manaus. O material teria como destino final a cidade do Rio de Janeiro (RJ).

“Fomos comunicados que parte de um carregamento de televisores que teria saído de Manaus, com destino ao Rio de Janeiro, havia sido furtada. A empresa de São Paulo, responsável pelo monitoramento da carga, nos acionou e enviou um técnico para dar suporte às investigações em torno do caso”, explicou o delegado.

GPS – Segundo Mac Donald, durante a madrugada a equipe identificou, por meio de sinal emitido via sistema de posicionamento global, do inglês global positioning system ou GPS, o local onde estavam os televisores furtados. Segundo o titular do 6° DIP, todo o material apreendido foi encontrado na garagem do imóvel onde o infrator morava.

Raimundo foi autuado em flagrante por receptação qualificada, porte de arma de fogo de uso restrito, posse de munição de uso permitido e crime contra a ordem econômica. Ao término dos procedimentos cabíveis no 6° DIP, o infrator será levado para Audiência de Custódia no Fórum Ministro Henoch da Silva Reis, bairro São Francisco, zona sul da capital.

FOTO: Johny Vasconcelos

Like
Like Love Haha Wow Sad Angry

LEAVE A REPLY