Consumidor deve ser indenizado por “perder seu tempo” na solução de problemas gerados pelos Bancos

Por Matheus Dantas*

A perda de tempo da vida do consumidor em razão do mau atendimento dos bancos não é mero aborrecimento, mas um verdadeiro impacto negativo em sua vida.

Muitas vezes o consumidor é obrigado a perder tempo de trabalho, tempo com sua família, tempo de lazer, em razão de problemas gerados por ilícitos praticados pelas instituições Bancárias.

Os tribunais têm aplicado aTEORIA DO DESVIO PRODUTIVO DO CONSUMIDOR, impondo aos Bancos o dever de reparar o consumidor, não só pelos prejuízos causados por descontos indevidos sofridos em sua conta bancária, como também pela demora na resolução daqueles vícios ocasionados pelo próprio Banco.

O desvio produtivo caracteriza-se quando o consumidor, diante de uma situação de mau atendimento, precisa desperdiçar o seu tempo para tentar resolver um problema.

A demora na solução do problema derivado da conduta ilícita praticada pelo próprio Banco é passível de indenização por danos morais.

Podemos afirmar categoricamente que: Para o Banco, tempo é dinheiro; para o consumidor, tempo é vida.

O tempo é algo tão precioso a ponto de justificar a condenação daqueles que fazem pouco dos direitos dos consumidores. Procure sempre um advogado e exija seus direitos.

*O autor é advogado especialista em Direito do Consumidor

Like
Like Love Haha Wow Sad Angry

1 COMMENT

  1. Agora as Prefeituras Pensarão Duas Vezes Antes de Licitar Zonas Azuis.

    Espero ter feito a minha parte na divulgação.

    TALONÁRIO DE ZONA AZUL

    Revista Consultor Jurídico.

    O Estado de S. Paulo. Dever de Vigilância: Quem paga Zona Azul tem direito à segurança do carro.

    ‘Optando o Poder Público pela cobrança de remuneração de estacionamentos em vias públicas de uso comum do povo, tem o dever de vigiá-los, com responsabilidade pelos danos ali ocorridos’. Assim, a empresa que administra a Zona Azul de São Carlos foi condenada a pagar indenização no valor de R$ 18,5 mil ao motorista Irineu Camargo de Souza de Itirapina/SP, que teve o carro furtado quando ocupava uma das vagas do sistema de Zona Azul da cidade de São Carlos, serviço explorado pela empresa. A decisão é da 1ª Câmara de Direito Civil do Tribunal de Justiça de São Paulo confirmando sentença da comarca de Itirapina.

    Agora já existe jurisprudência firmada! Para se exercer a plena cidadania, é imprescindível a informação. Fique ciente!!!!

    INDEPENDENTEMENTE DO SEGURO PARTICULAR, AGORA PODEREMOS EXECUTAR AS PREFEITURAS!!!!

    Esta vale a pena circular, mas tem gente que não tem interesse em tornar isso público. Esta informação é muito válida para nós contribuintes. Vamos aproveitar e exercer o nosso direito de cidadania repassando este e-mail.

    Parabens a São Carlos que inovou esta medida, tornando-a JURISPRUDÊNCIA…Isso vai dar muita dor de cabeça para as Prefeituras !!!

    http://www.direitonet.com.br/artigos/exibir/7955/Furto-de-veiculos-em-area-azul-O-dever-de-indenizar

LEAVE A REPLY