Com a eleição chegando, rodoviários param de novo o T1, de surpresa, reclamando dos empresários

A história se repete, sempre em ano eleitoral. Às vésperas da eleição, na tentativa clara de mostrar influência e capacidade de transferência de votos, o Sindicato dos Rodoviários promove uma paralisação surpresa, sem comunicado prévio à Justiça do Trabalho, como determina a lei, desta vez alegando que receberam apenas metade dos vencimentos e tiveram o plano de saúde descontado no contra-cheque, ao contrário do que havia sido acertado com os empresários.

Neste momento eles param o terminal localizado na avenida Constantino Nery, no Centro de Manaus, aonde estacionaram os coletivos.

É mais uma afronta às autoridades e à população.

Like
Like Love Haha Wow Sad Angry

LEAVE A REPLY