BR-319 não tem estudo de impacto ambiental desde 2009

“O que me deixa indignado é que, depois de oito anos de mandato, eu tomei conhecimento, por meio de um documento oficial, que a BR-319 estava sem estudo de impacto ambiental desde 2009. Em todos esses anos, sempre questionamos ministros, diretores do Dnit e de órgãos envolvidos. A resposta era ´estamos apresentando estudos complementares para alcançarmos o licenciamento´. Isso é inaceitável e inadmissível”.

O desabafo é do senador Eduardo Braga (MDB), em sessão extraordinária da Comissão de Serviços de Infraestrutura (CI), hoje pela manhã, quando ele voltou a cobrar esclarecimentos e providências para a sequência de desinformação e erros cometidos em relação às rodovias federais, especialmente no Amazonas.

Diante de indicados da Presidência da República a cargos de direção em órgãos, como o Departamento Nacional de Infraestrutura de Transportes (Dnit), o parlamentar citou o atraso de mais de 10 anos nas obras de recuperação da BR-319, que liga as capitais Manaus (AM) e Porto Velho (RO), além das informações divergentes que envolvem o asfaltamento do trecho Lábrea – Humaitá, no Amazonas, na BR-230, a Transamazônica.

Ontem, a CI aprovou requerimentos – propostos por Braga e os senadores Acir Gurgacz (PDT/RO) e Vanessa Grazziotin (PCdoB/AM) – que convocam ministros a esclarecerem a real situação da rodovia e das demais obras atrasadas. As matérias exigem a presença de Edson Duarte (Meio Ambiente), Torquato Jardim (Justiça) e Valter Casimiro (Transportes) no colegiado. A data ainda será definida. “Não é regra de o Senado convocar ministro. Mas diante do tamanho da indignação desta comissão, a CI, por falta de explicações e informações honestas, nãos nos restou outra alternativa”, declarou o senador.

Em resposta às manifestações do parlamentar amazonense, José Tiago da Silva, indicado a diretor-geral do Dnit, garantiu que, caso realmente assuma o cargo, adotará as devidas providências para acelerar a concessão dos licenciamentos necessários para obras na BR- 319. “Ela é importante para o Brasil”, disse.

Like
Like Love Haha Wow Sad Angry

LEAVE A REPLY