Amazon sai em defesa do juiz que negociou fim da rebelião, o polêmico Luiz Carlos Valois

0
880

Alvo de uma série de ataques da mídia nacional, por conta de sua conduta á frente da Vara de Execuções Penais, o juiz Luiz Carlos Valois recebeu o apoio dos colegas, por meio da Associação dos Magistrados do Estado, que divulgou a seguinte nota:

“A Associaçãodos Magistrados do Amazonas (Amazon)  se solidariza com o juiz da Vara de Execuções  Penais (VEP) Luís Carlos Valois, por ter sua conduta questionada ao garantir a aplicação das leis.

O juiz Luís Carlos Valois  sempre defendeu com  convicção e respaldo  jurídico suas ações.
A Associação não permitirá que denigram as ações do magistrado, pois muitos  juizes acreditam, professam e aplicam a corrente do  garantismo.

É civilizatório entender que o processo penal e a aplicação da lei penal estão sujeitas ao regime de liberdades públicas, adotado pela Constituição do Brasil. É assim em todas as democracias, no ambiente acadêmico, onde o juiz  Luís Carlos  é doutor, e deve ser nos nossos julgados também. O contrário disso é o Estado de polícia , onde não há garantias e nem liberdade.

A Amazon está vigilante na observância das  prerrogativas da magistratura.

Juiz Cássio André  Borges dos Santos

Presidente da Amazon”

LEAVE A REPLY