Alecrim vai à domiciliar; Aroldo em liberdade e Melo deprimido

Cada caso é um caso. Assim estão sendo tratados pela Justiça os ex-secretários e o ex-governador José Melo, presos em fases distintas da Operação “Maus Caminhos”. Hoje o ex-secretário de Saúde, Wilson Alecrim, foi enviado para a prisão domiciliar e autorizado a se submeter a procedimento cirúrgico no hospital alemão Oswaldo Cruz, em São Paulo. Já o coronel PM Aroldo Duarte, acusado de comandar o esquema de segurança do médico Mouhamed Mustafa, está em liberdade, porque a prorrogação de sua prisão temporária não foi requisitada.

Já o ex-governador José Melo, que tenta em Brasília um habbeas corpus para responder ao processo em liberdade, junto com a esposa, Edilene Gomes de Oliveira, apresenta o comportamento mais recolhido entre todos os detidos. Isolado em uma cela, ele se recusa a tomar banho de sol, não conversa e se alimenta muito mal. Por isso os agentes penitenciários foram orientados a monitorá-lo continuamente.

Duarte foi solto porque não foram encontrados novos elementos que indiquem seu envolvimento com a quadrilha, além do que já havia sido apurado.

Like
Like Love Haha Wow Sad Angry

LEAVE A REPLY