A cabeça do eleitor não mudou

Por Carlos Santiago*

A cabeça do eleitor amazonense não mudou. As últimas eleições para o Governo do Estado, refletem uma supremacia de votos direcionados ao mesmo grupo político tradicional que governa o Amazonas desde 1982. Assim, como se mantém também os votos para os políticos que surgem com discursos chamados de terceira via.

Nas eleições de 2010, o grupo hegemônico se dividiu em duas partes e, Omar Aziz obteve 63% dos votos e Alfredo Nascimento ficou com 25% dos votos válidos.  O candidato Hissa Abrahão com discursos de terceira via, alcançou 10% na votação em todo Estado, tendo um desempenho de 15% na cidade de Manaus. Em 2014, no primeiro turno, com o grupo também dividido em duas coligações, o candidato Eduardo Braga totalizou 39% dos votos válidos e o candidato José Melo obteve também 39% dos votos, ficando o candidato Marcelo Ramos com 10% em todo Amazonas, com uma boa votação na capital que chegou quase aos 16% votos válidos, com discurso de alternativa política.

Agora, na eleição Suplementar para o Governador do Amazonas, com o grupo hegemônico dividido em três coligações, o candidato Amazonino Mendes chegou no final do 1° turno com quase 39% dos votos válidos, em todo Estado, ficando Eduardo Braga com 25% e Rebecca Garcia com 18%. Somando os votos da candidata Rebecca e de Eduardo Braga, o resultado seria de 43% dos votos válidos. O candidato José Ricardo conseguiu 12% na votação geral e 18% dos votos na capital, com uma postura crítica das práticas administrativas dos comandantes das coligações que governam o Amazonas, desde 1982.

Então, assim caminha a nossa política e a vontade do eleitor do Amazonas. Votos dados ao grupo hegemônico e a Terceira Via estão garantidos. Vai ser muito difícil mudar essa lógica porque a grande mudança será romper com essa tradição do nosso eleitor, uma missão e um desafio das novas mentalidades.

 

*O autor é sociólogo e advogado.

Like
Like Love Haha Wow Sad Angry
1

1 COMMENT

  1. Calma o candidato 00 teve quase 700 mil votos isso no primeiro turno o eleitor Manauara e o eleitor amazonense está começando a acordar como se diz o gigante está acordando nunca o estado do Amazonas teve tanto voto nulo como nesta eleição isto prova que o povo está insatisfeito não é só com esse grupo é com todos os políticos. Nossos políticos são eleitos para defender o povo não para defender Governador ou prefeito, o político é eleito para fiscalizar as ações do governador, para fiscalizar as ações do prefeito e o povo agora tá começando a criar consciência, sabe da importância que que é votar correto ninguém manda no dedo do eleitor mais, o voto é secreto E isto é a maior arma que tem para combater essas fraudes que hoje a população está sofrendo

LEAVE A REPLY